Metade saudade

saudade

Era uma vez uma moça que tinha um blog. Blog que este que começou sendo um espaço de poesia, depois virou um lugar pra um dedo de prosa, passou a abrigar motivos dietísticos e afins pra, no fim, falar inglês. Vai ver que, por conta de tantas mudanças, o blog ficou assim meio perdido, sem saber o que fazer. Ou quem sabe a dona do blog foi quem se perdeu no meio do Tennessee, com trabalhos e provas pra todos os lados.

***

A verdade é que, mais de 40 dias depois, cá estou eu de volta. E o que aconteceu nesse tempo? Senta que lá vem história…

***

Once upon a time…

***

A grande novidade é que dia 20 de maio embarco para o Brasil onde fico até o início de agosto. Serão mais de dois meses matando saudades.

***

Serão mais de dois meses com saudades.

***

Sim, porque agora deixo uma parte de mim no Tennessee. Pessoas queridas (professores, colegas, amigos) que me perguntam quando volto, que dizem que vão me buscar se eu não voltar, que falam que vão sentir saudades.

***

E a moça do blog fica assim, metade feliz, metade saudade.

***

Gostaria de dizer que vou atualizar mais o blog, que vou movimentá-lo mais, mas sinceramente não sei. Serão dias gostosos, com uma segunda cirurgia plástica no meio do caminho e muitos, muitos queridos pra rever.

***

E, claro, serão dias de saudades também. Porque agora eu descobri que sou metade! 😉

 

 

Anúncios

Cenas dos próximos capítulos

mais forte

Algumas coisas que comentei aqui ficaram no ar e acho que tá na hora de contar mais um pouquinho do que tá acontecendo por essas bandas. Então, senta que lá vem história!

Os 60 dias que andei alardeando, e depois acabei simplesmente abandonando, se referiam a uma cirurgia plástica que farei em abril. A primeira de duas. Nela, vou tirar o excesso de pele na barriga e lipar culote e coxa. A ideia era ralar muito pra conseguir emagrecer o máximo até essa data. Só que nem sempre o que se planeja é o que acontece e, bem, abandonei o projeto no caminho.

Ou melhor, o readaptei. Comecei a perceber que toda vez que fico muito focada em algo, acabo ficando neurótica e a ansiedade de ver a coisa acontecer impede o grande acontecimento em si. Assim, sem grandes metas, sem grandes objetivos ou neuras, consegui sair dos 90kg e, ao que tudo indica, chegarei até a cirurgia com um peso muito bom. É como eu disse: aquela dos extremos está se aproximando do meio!

Outra coisa que está saindo do papel é a publicação do meu livro. Ainda não é sobre meu processo de emagrecimento (que logo deve pintar por aí), nem um livro de contos ou crônicas. Nada disso. É um livro sobre identidade feminina dentro de uma perspectiva bíblica. Nunca pensei que esse seria o tema do meu primeiro lançamento, mas é e tem sido um processo bem gostoso.

Assim que tiver com tudo organizado (livro impresso, data de lançamento, valores), conto pra vocês.

E ainda temos a segunda cirurgia, pra retirada de pele no braço (o que mais me incomoda atualmente) e colocação de prótese nos seios (com o emagrecimento, eles estão sumindo – e caindo!). Mas essa é uma história pros próximos capítulos. Inté lá! 😉