Equações

adding

Nas nossas primeiras aulas de matemática, a gente aprende que 1 + 1 = 2. Aprende que isso vai ser sempre assim e pronto. À medida que as aulas vão evoluindo, a gente vai aprendendo equações mais complexas mas, no final, a gente sabe que o resultado vai estar lá. E, tirando um ou outra equação muito específica, esse resultado é sempre garantido e certo.

O problema é quando a gente transpõe esse pensamento para fora do mundo matemático. Uma pessoa unindo-se a outra pessoa não formam duas pessoas juntas. Normalmente elas formam um casal, um todo – mesmo que esse todo seja formado de duas partes inteiras. Normalmente? Pois é, talvez você esteja pensando aí nas muitas pessoas que estão com outras e que na verdade formam algo como um e meio ou mesmo um inteiro formado por dois meios.

Sem contar no mundo das dietas, por exemplo. A mídia, sua nutricionista, seu personal insistem com você que emagrecer é uma questão de ingerir menos calorias do que se gasta. Ou seja, o emagrecimento é uma equação matemática simples onde o maior número precisa ser o de calorias gastas. Só que se você já passou por esse processo, ou está passando, sabe que não é bem assim. No mundo ideal, no mundo matemático, seria. Mas no mundo real as equações são mais complexas e os resultados variáveis. Se você está cansado, ansioso, se algo está errado com seu corpo, tudo isso interefere na equação e no final das contas o resultado na balança não é o esperado.

A vida, minha gente, a vida real, não é feita de equações matemáticas com resultados perfeitos ou ao menos sempre esperados. A vida é mestre em bagunçar nossas equações e nos dar resultados inesperados.

Diante disso, a gente sempre tem escolhas. Podemos agir como aquela criança que um dia fomos lá na escola primária, que, de tão chateada por não conseguir encontrar o 2 esperado, rasga a folha, faz bico e simplesmente dá as costas pra equação. Podemos também agir como um aluno universitário que simplesmente não aceita que não achou a resposta. E passa a maior parte do seu tempo com a equação na cabeça, tentando entender, tentando descobrir, tentando achar o 2 de qualquer maneira. Mas ainda há uma outra escolha: a gente pode olhar pro resultado e entender que não se trata de matemática, enfim. Se trata de uma vida cheia de variáveis que precisa ser compreendida dessa forma. Se o 2 aparecer, ótimo. Se não, sigamos em frente que um 4 pode aparecer logo ali. Ou um 8, ou um 10.

Sim, algumas vezes a vida te dará um 2. Mas acredite, isso não acontecerá sempre. Relacionamentos não são matemáticos. Dietas não são matemáticas. Saúde não é matemática. Profissao não é matemática. A vida não é matemática. Se a gente conseguir colocar isso na cabeça, muito provavelmente vai se decepcionar menos e curtir mais. Afinal, estaremos sempre esperando resultados diferentes e surpreendentes.

Que tal deixar a vida te surpreender hoje?

4 pensamentos sobre “Equações

  1. Oi Rê… a tempos eu percebi que a vida nem sempre é o que achamos. Sempre fazem aquela pergunta “você quer resultados diferentes fazendo tudo igual?” eu muitas vezes respondo sim. Porque apesar dos resultados ambíguos nem sempre a formula de viver está errada. Como você mesmo diz, as variáveis implicadas é que nem sempre nos dão o resultado que esperamos. Como ser honesto, ser bom, fazer o que for preciso pra ser feliz. Tudo que dependemos de outras pessoas, como um relacionamento amoroso por exemplo, trabalho, familia… nos dá surpresas tanto agradáveis como desagradáveis, mas nem por isso é sinal que estamos errados. Como você mesma disse, é pegar essas surpresas e aprender com elas… uma hora o tal do “2” aparece! Não podemos é desistir de conquista-lo!

    • Andréia, concordo com vc. Muitas vezes a gente quer mudar pq algo não está saindo como esperado mas se esquece da imprevisibilidade da vida. E se esquece tb de q é a constância e a persistência q nos fazem chegar até onde almejamos! :*

  2. Sensacional, Rê! Talvez eu agora esteja tendo mais resultados, exatamente por pular fora dessa ilusão de conta exata. Ando fugindo de quem não leva nenhum tipo de sentimento em consideração nesse nosso processo de emagrecimento. Um bjo e EXCELENTE POST

    • Rachel, acho q qndo a gente desencana de encontrar o 2, ele simplesmente aparece. E se não aparecer, a gente acaba aprendendo a aceitar e se divertir com o 3, o 5 e por aí vai!😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s