Fazendo as malas

mala
Ontem, no caminho de Brasília pra Goiânia, olhando a paisagem, senti um nó na garganta. Os olhos se encheram de lágrimas e eu achei melhor segurar o choro. Afinal, a moça que estava ao meu lado no ônibus com certeza não entenderia.

Demoraria muito pra explicar que ali começava a minha despedida, que aquela seria uma das últimas vezes, ao menos nos próximos quatro anos, em que eu veria essa paisagem tão minha conhecida. Demoraria muito pra atualizá-la sobre a mudança continental que, em menos de um mês, será uma realidade na minha vida.

Preferi poupar a moça das minhas lágrimas e me poupar. Porque a verdade é uma só: de agora em diante elas não vão faltar. Começo a olhar os lugares, as coisas e, principalmente as pessoas, com ar de saudade. Com aquela vontade enorme de ficar observando pra guardar cada detalhe e levá-los comigo.

E pra onde pretendo carregar tudo isso? Pro Tennessee, minha mais nova casa a partir de agosto. Serão 4 anos num país diferente, falando uma língua diferente, longe de tudo o que hoje faz parte da minha realidade. Serão 4 anos realizando um sonho: dar continuidade a uma das coisas que mais gosto de fazer – estudar.

Assim, se alguém me pegar por aí olhando fixamente pra algum ponto, já sabe: tou carregando a minha bagagem!

8 pensamentos sobre “Fazendo as malas

  1. Ai irmã, já me fez chorar. rs… Sentiremos sua falta. Mas, vamos vibrar com cada conquista sua. O mundo é seu. Voe…experiente…viva! Amo você.
    Ps: eu estarei aqui pro povo lembrar de você rs! (A irmã da Renata, filha da mãe Aldaci rs)

    • Irmã, como eu disse aqui, a mala vai pesar de tantas saudades! E ainda bem q o povo de Taguatinga tem vc, né?😉

  2. O meu sonho sempre foi morar nos EUA, desde bem novinha. Mas a verdade é que nunca me esforcei muito para isso se tornar realidade e agora sinto que é tarde demais pra mim. Mas é muito bom ver alguém concretizando um sonho, tendo coragem de realizá-lo. Parabéns e muita boa sorte à você por lá!!!

    Beijinhos

    • Ju, muita gente tem me dito isso: q tou realizando seu sonho. E tb tem dito q pra eles é tarde. Olha, como dizia uma frase nos muros da Casa de Prisão Provisória da minha cidade, nunca é tarde pra ser feliz. Eu tb achei q era tarde e olha aí, o sonho batendo à porta!😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s