Em busca da simplicidade

master

Se fosse simples seria menos gostoso? Talvez. Mas com certeza, se fosse simples seria menos doloroso.

E isso vale pra tudo na vida. Não, não estou reclamando. E antes que você venha me dizer a frase, eu mesma a coloco aqui: pode mesmo ser que a vida seja simples e a gente quem a complique. Agora responda sem titubear: você consegue não complicar?

Ainda não cheguei a essa fórmula. Por mais que tente, quando vejo, lá estou eu presa num emaranhado de pensamentos, sentimentos e outros que tais que me fazem sim perguntar: cadê a simplicidade?

No meu caso, a grande questão, pode ser a vontade de ter certeza. Sim, eu gostaria, ao menos uma vez, de saber que o que quer que seja é certo, garantido. Mas eu sei: não há garantias. A vida é caprichosa e simplesmente se recusa a oferecer qualquer certificado. Quando pedido, ela ri e diz: “La garantia soy yo!”

E de risada em risada eu sigo, confesso, sem entender quase nada. Buscando uma simplicidade que tenho pouca esperança de encontrar. Talvez, eu esteja procurando no lugar errado. Talvez ela seja apenas uma utopia.

Utopia que, caso algum dia seja encontrada, com certeza será fonte de alegria.

5 pensamentos sobre “Em busca da simplicidade

  1. OI Rê.

    Primeiro de tudo, obrigada pela força.
    Estes dias tem sido bem intensos e dolorosos…
    Posso parecer uma boba, mas eu realmente queria que fosse fácil. Que fosse simples e que fosse rápido.

    Eu queria a alegria da ignorância. Não saber, fazer e ter resultados.

    Esse negócio de auto conhecimento é uma avalanche!
    :/

    beijos imensos!

    • Raquel, acredite, vc não parece boba. Eu tb queria q fosse fácil, q fosse simples. Ou, pelo menos, q fosse rápido. Mas infelizmente não é. E lá vamos nós, aos trancos e barrancos, aprender q ser crescer dói, q ser adulto é chato e q a ignorância é sim, muitas vezes, uma dádiva!
      Mas força daí q eu tenho daqui tb!
      :*

  2. Eu já estive exatamente aí.
    E descobri que o maior vilão, aquele que conduzia e disparava as vozes na minha cabeça era a minha consciência. Depois descobri que a minha consciência só disparava pela minha mania de procrastinar e depois descobri que a causa da minha procrastinação era o costume e que o costume era esse porque eu ouvia as vozes alheias me dizendo o que era ou não importante pra mim.

    Quando parei de ouvir o barulho ao redor e me concentrei em mim, comecei a fazer tudo quando devia, e as vozes de cobrança cessaram.

    Acho que vai de cada um mergulhar e achar qual é o comportamento recorrente dentro da gente que nos arrasta pra esse mar de crises, mas uma coisa eu posso garantir. É possível sim!

    Não desista😉

    Beijo beijo

    • Desistir jamais. Jamais. Mas é tenso qndo vc olha a sua vida e nada daquilo q vc precisa q resolva acontece, sabe?
      E nem tou falando de peso, RA, AF e coisas do gênero pq essas dependem apenas de mim pra q aconteça. Tou falando daquilo q vai além de tudo isso e q, por um instante, eu pensei q iria clarear. Mas não clareou!
      Enfim, confesso q depois de uma semana tensa, tou de ressaca, inclusive emocional! Mas passa, como todo incômodo.🙂

  3. Olá amiga,

    O simples é gostoso, mas gostamos de desafios por esse motivo complicamos, mas vamos tomar as rédeas da nossa vida e buscar a simplicidade em nosso coração e força sempre…

    Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s