Uma quase retrospectiva

Glowing lights in the dark.

Comecei o ano pesando 107kg. E, até agora, o que a balança marca são exatos 95,6kg. Lendo assim, parece bem positivo, já que se foram 45kg no total. Mas acredite, não é. Não se levarmos em conta o fato de que fechei o ano de 2010 pesando 94kg. Ou seja, em 2011 engordei exatos 13kg e, até agora, tenho sofrido um bocado para emagrecê-los novamente.

E o cenário ainda fica um pouco mais triste se lembrarmos de que emagreci mais da metade da quantidade total de peso no primeiro ano de reeducação alimentar e atividade física. Nos dois anos seguintes (2011 e 2012), o emagrecimento foi, literalmente, a conta-gotas. Ou melhor, a conta-quilos.

Mas nem tudo são perdas nesses últimos tempos. Tive alguns ganhos, como a descoberta de uma nutricionista parceira (um beijo pra ela!) e um maior controle da fome emocional. Também descobri que amo cada vez mais a atividade física e que a corrida, definitivamente, faz parte da minha vida.

Só que quando peso tudo isso, confesso que uma pontada de tristeza me invade. Sim, eu sei, 12kg eliminados em um ano são bem melhores do que uma grama conquistada em 12 meses. Eu sei também que as medidas perdidas, os músculos conquistados, estão aí, ou melhor, aqui pra qualquer um ver. Pra eu mesma ver. Mas mesmo assim, eu me entristeço um tiquinho. Porque se eu não tivesse derrapado tanto, já estaria no estágio final desse processo.

E dezembro está aí, o fim do ano está aí, não há muito mais que fazer, né? Bem, há sim. Porque decidi fechar esse ano com chave de ouro. Se 2012 não foi lá muito gracinha comigo (exatamente porque eu não fui com ele), vou fazer de tudo para que o último mês do ano seja. E antes que alguns de vocês se preocupem, fiquem calmos: não haverá loucurinhas por aqui. Apenas pretendo ser um pouco mais consciente em relação à minha alimentação e a todo o processo que a envolve.

Quando dezembro se for, quero ter um belo sorriso no rosto e uma paz imensa no peito. Não porque emagreci tudo o que queria ou porque alcancei exatamente o que esperava. Mas sim, porque fiz o que podia pra que fosse um mês único. Porque fiz escolhas conscientes e muito bem pensadas em prol não apenas do meu emagrecimento e sim da vida que eu quero ter pra mim.

***

Falando na vida em que quero pra mim, percebo a cada dia que menos carboidrato é mais leveza por essas bandas. Mas menos carboidrato, no meu caso (quase atleta), também pode significar efeitos colaterais: fraqueza, tonturas e afins. E então, como alcançar o equilíbrio? Sugestões?

***

Dentro das minhas descobertas alimentares, também percebo que o abandono das carnes e afins está cada vez mais próximo. Não sei se completo ou apenas em partes, mas o certo é que devo trilhar esse caminho muito em breve. E sem qualquer peso no coração, que fique claro!

***

E não, não estou virando uma dessas pessoas chatas que não comem nada e torcem o nariz pra tudo. Estou apenas descobrindo caminhos que me fazem bem e que, caso não sejam exatamente o que acreditei que fossem, podem ser sumariamente eliminados logo ali. Afinal, tentei, ou melhor, provei e não gostei!😉

***

Há muito tempo atrás, falar do meu peso era algo vergonhoso e extremamente constrangedor. Hoje, não mais. Não que meu peso esteja lindo e coisa e tal. Mas decidir cuidar de mim, viver uma vida mais saudável, me fez perceber que esse é apenas um pequeno (grande) detalhe da minha caminhada. Algo, confesso, extremamente libertador!

6 pensamentos sobre “Uma quase retrospectiva

  1. Rê, sua linda! Um beijo para você também! Você é um super exemplo! Vamos entrar em 2013 com o pé direito e com quilinhos a menos com certeza! bjs

    • Qndo eu digo q encontrar vc foi um dos ganhos de 2012, taí um dos motivos: a parceria, o incentivo! MUITO obrigada pelo apoio e vamo q vamo, fechar o ano com chave de ouro e começar 2013 cheia de gás! :*

  2. Acho incrível essa autoanálise!!! Vc foi muito bem em levantar os pontos positivos e os nem tanto. Sim, “nem tanto”, pois apesar de não ter sido o ideal vc esteve por todo o tempo pensando neles ou mesmo tentando se ajustar. Em 2010 em 6 meses eu ganhei 36 quilos!!! Sabe em que momento eu pensei “estou engordando horrores e preciso parar”? Nunca! Só mesmo qd os pés começaram a doer e as pessoas começaram a me questionar, que comecei a ir me notando. Se eu fizer – tá já fiz – um balanço de 2010, eu acho que foi um ano mega bom financeiramente, conheci pessoas novas, milagres aconteceram pra mim, mas me esqueci. Daí que em 2011 as minhas tentativas foram frustradas, mas ao menos não engordei. E 2012 considero ter ido fundo, na raíz do problema. Estou feliz comigo, mas 2013 evidente que vamos sentar pra fazer umas listinhas com fundo mais ativo, pois MERECEMOS o resultado que almejamos! O que não significa ignorar os pequenos e contínuos resultados e descobertas do passado!!! Dezembro será maravilhoso pra vc e 2013 será mais cheio de resultados ainda!!! É daqui pra frente e podemos tuuuuuudo o que quisermos!!! Um bjo

    • Rachel, amém, amém e amém! Q 2013 seja, pra nós, um ano em q nos conheçamos cada vez mais, em q conquistemos ainda mais e em q sejamos ainda mais felizes! Bju!🙂

  3. Final de ano aí, e mesmo não querendo, acabamos avaliando tudo né?! O ano pra mim não foi muito bom… mas sei que não corri muito atrás, então não posso reclamar tanto.

    Tive alguns méritos, é verdade. Mas emagreci pouquíssimo. Olhando por outro lado e como você mesma disse: melhor do que engordar alguns gramas, né?!

    Adorei seu blog, você escreve super bem! Voltarei mais vezes!!!

    Beijinhos

    • Oi, Ju! Obrigada pela visita. E olha, se 2012 não foi como vc esperava, creio sinceramente q ainda pode ser. Se vc puder (e achar q deve, claro) entre comigo no projeto pra fechar dezembro com chave de ouro. Tou correndo atrás, literalmente. E olha, tá sendo bem gostoso! :*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s