E novembro chegou

E novembro chegou trazendo consigo, além das luzes de Natal, dos Papais Noéis e de tudo o que se refere ao universo natalino, uma deliciosa quietude.

A cabeça, enfim, parece estar no lugar. Ou melhor, o espírito está finalmente no lugar. Não adianta negar: quando perco o foco, quando olho muito para mim e menos para Ele, tudo o mais sai fora do lugar. Mas quando consigo colocar o trem no trilho rumo ao que realmente importa – Ele e somente Ele – tudo o mais colabora. Não à toa, Mateus 6.33 nos adverte que quando Ele está em primeiro lugar as demais coisas nos são acrescentadas.

No meu caso, algumas coisas estão sendo literalmente tiradas. Depois de um tempo estacionada, dona balança resolveu que era hora de trabalhar. E lá vou eu perder uns quilins, umas boas medidas. Sem stress, sem angústia, sem chateação. Definitivamente, entrei num novo ritmo que, espero, dure por um bom tempo.

Continuo com a dieta (que essa semana tá um tiquim mais apertada) e com a atividade física praticamente diária. Mas com um diferencial: nesse mês não tenho objetivos,  metas e muito menos desafios. Quero estar bem comigo mesma, quero curtir o que estou fazendo, quero simplesmente fazer porque desejo e não porque preciso perder peso, ganhar massa, participar de uma corrida.

Como eu disse pra uma amiga, tou tendo que reaprender muita coisa. Afinal, durante anos fui a Dona Meta, a Senhora Objetivos. Mas nada como um mês novinho em folha pra dar um novo ânimo nesse sentido, né?

Novembro, querido, bem-vindo!🙂

 

 

2 pensamentos sobre “E novembro chegou

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s