Da minha humanidade

Tem dias em que eu acordo, abro os olhos e penso: tenho mesmo que levantar? E isso depois de uma noite tumultuada, de pouco sono, como essa última. E eu, sonodependente que sou, já imagino o que vai acontecer no decorrer das próximas horas: estarei simplesmente esgotada.

Se somada a todo esse pequeno panorama ainda houver uma corrida exaustiva, de 10km, nas últimas 48horas e com ela o tal do horário de verão, a coisa piora um tiquim e o cansaço se instala de vez.

E nessas horas, não adianta, a cabeça fica pesada, o corpo se arrasta e o coração, tadim, se aperta em meio ao caos. E, apertado, manda mensagens de intenso cansaço pra cabeça que, sem o sono da noite anterior, começa a falhar. É, meus amigos, as coisas não vão nada bem.

A animação, a empolgação, desaparece. Os resultados positivos são colocados lado a lado com todos os outros e, quase sem perceber, me pego pensando em desistir. É, gente querida, eu também sou humana.

Lá se vão mais de três anos de um ritmo intenso, de uma grande quantidade de energia despendida, de dinheiro gasto, de uma vida inteira quase em suspenso por conta de um objetivo. E quando esse objetivo parece não avançar, a vontade é chutar o balde. E, num dia como hoje, a vontade vem ao quadrado.

Não adianta, sou humana. Inspiro muitos, eu sei. Impulsiono tantos outros, sei também. Mas tem dias em que tudo o que eu queria era que essa linha de chegada ficasse mais perto pra que, ao cruzá-la, pudesse me dar o direito de cair ao chão e chorar. Porque ter que correr, o tempo inteiro, cansa além do que vocês possam imaginar!

6 pensamentos sobre “Da minha humanidade

  1. Adorei a resposta de meustextosminhasideias. Vc, minha cara, como todo mundo, não é super-heroína. A inspiração que nos traz não é de super poderes, mas de perseverança; de vitória sobre pequenas lutas; de dia a dia superado. E faz parte do roteiro sentar, tomar uma água, respirar fundo e se acabar em qualquer coisa que não seja na espada erguida. Hoje é dia de cama, de cinema, de relax, de respirar fundo. Dia de deixar os músculos descansarem. Todos eles. Hoje é dia de trabalhar pq se precisa, mas não exagerar na dose, pq tds somos humanos e merecemos um dedim de pausa pra retomar o fôlego. Até mesmo para se respeitar limites é preciso ter força! =)

    • Hj, Lê, acima de tudo, é dia de dormir! Acho q é isso q tá faltando por essas bandas, sabe? E certeza q amanhã será um novo dia!❤

  2. Eu ia fazer um texto enorme, mas lendo o primeiro comentário não tenho mais nada a dizer. Texto singelo e honestíssimo. Respeitar limites tb é muito digno. Pense nisso profundamente. Um bjo

    • Rachel, podexá q estou pensando. E mais, tou percebendo q preciso diminuir, e muito, minhas próprias expectativas! Bju!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s