Prolongando o mal

Ontem, enquanto voltava da oficina à pé pra agência (deixei meu carro para uma pequena revisão), fiquei ruminando o texto a respeito da procrastinação. Talvez porque esse seja um tema que fale tanto comigo e porque seja algo que estou trabalhando em minha vida, resolvi pensar um pouco mais a esse respeito. E Mateus 6.34 me veio à mente nesse momento:

“Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”.

Inicialmente, parece que o texto não fala nada sobre procrastinação. Mas quando me atentei para a última parte do versículo, vi que eu estava enganada.

Basta a cada dia o seu mal. 
Quando procrastino, trago o mal de ontem, ou o problema de ontem, ou a tarefa de ontem, pra hoje. Ou seja, eu simplesmente prolongo o mal por minha livre e espontânea vontade.

Não é estranho isso? Mas por mais estranho que pareça, ao invés de nos desfazermos dos afazeres, vamos nos atolando neles, vamos nos prendendo a eles e acabamos vivendo uma vida extremamente inquieta. E, no final das contas, a ansiedade sobe a níveis alarmantes.

Porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Quando procrastino, impeço que o dia de amanhã cuide de si. Afinal, ele tem que cuidar do que foi deixado pelo ontem, pelo anteontem e por aí vai. E a vida vai ficando cada vez mais pesada, mais carregada.

“(…) deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta” 
(Hebreus 12:1)

Fica fácil entender porque a vida, tantas vezes, fica pesada e quase não conseguimos avançar, né? Porque vamos carregando os pesos de ontem, de anteontem, às vezes de uma semana inteira, quando simplesmente poderíamos tê-los resolvidos e prosseguir caminhando sem eles.

Que tal resolver o mal de hoje no dia de hoje e viver o amanhã com mais leveza? Basta a cada dia o seu mal!

***

Depois do texto de ontem, a Caty escreveu um post bem bacana também sobre procrastinação. Indico demais!

Leo Babauta, do Zen Habits, escreveu vários posts sobre procrastinação, com dicas para vencer a danada. Aqui vai o link com os posts: https://www.google.com/search?q=site%3Azenhabits.net+procrastination&qfront=procrastination

Anúncios

7 pensamentos sobre “Prolongando o mal

  1. Quando você escreve sobre procrastinação, parece que está escrevendo sobre mim! rssss… Sou expert em procrastinação, viu? Nos últimos tempos, tenho conseguido mudar um pouco isso fazendo exatamente o que você comentou ontem: logo cedo estabeleço as tarefas que quero cumprir e assim me sinto melhor no final do dia, com a sensação de dever cumprido. Mas assim como a RA, vencer a procrastinação é uma luta diária! Beijos

  2. É isso mesmo, amiga… Além de tudo o q já falamos e do peso da culpa, tem também todos os outros pesos acumulados.
    A Milena está certíssima, é uma luta diária, um desafio a ser vencido, mas possivel.

    Amour =***

  3. E lá vamos nós enfrentar nossos dragões diários… Mas está consumado, né? Está consumado e preciso sempre lembrar disso, todo o resto é apenas um processo pra alcançar a linha de chegada. =)

    =*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s