Só mais um golpe

Você luta, luta, luta até que, em determinado ponto do combate, você fica simplesmente exausto. A vontade é sentar e chorar. Ou melhor, a vontade é tirar as luvas, jogar a toalha e ir correndo pro vestiário. Sem olhar pra trás. Mas o adversário continua ali, gigante. E, ao contrário de você, ele parece não sentir o peso do tempo, dos golpes, da luta. Está inteiro, intacto. E você, em frangalhos. Desistir, você pensa, seria uma saída honrosa. Desistir, você diz pra si mesmo, resolveria seus problemas. Momentaneamente, uma voz sussurra. Apenas momentaneamente.

Porque você se lembra, caso desista, terá uma revanche. Elas sempre vêm. Mesmo que não seja amanhã, ou depois, você terá que enfrentar o gigante mais uma vez. E ele virá ainda mais forte, ainda mais preparado. E você mais uma vez se verá naquela posição, naquela postura. Claro, poderá desistir de novo. Mas mais uma vez outra revanche virá e tudo se reiniciará.

Já que está no ringue, você pensa, melhor terminar logo com aquilo. Melhor ficar caído, estirado no chão e saber que simplesmente perdeu. Deixar tudo em suspenso só aumentará a agonia, o desespero. Só retardará o inevitável. E você fecha os olhos e se lança. E você fecha os olhos e caminha. E você fecha os olhos e repete: só mais um golpe.

E o que era pra ser apenas mais um golpe se transforma em dois, três e quatro. Um após o outro, você os desfere, sem saber ao certo como. Apenas repete pra si mesmo: só mais um golpe. Só mais um golpe. Só mais um golpe. O adversário, assustado com aquela repentina recuperação, de gigante passa a anão. E, quando você menos espera, ele simplesmente desaparece no meio do ringue. A campainha toca, o juiz aparece. Você é o campeão.

O campeão que venceu aquela vontade imensa de estragar a dieta. O campeão que venceu aquele problema de relacionamento. O campeão que fez, mais uma vez, a prova de volante. O campeão que prestou vestibular. O campeão que fez a tão sonhada viagem internacional. O campeão que prestou o concurso. O campeão que não desistiu e seguiu dizendo pra si mesmo: só mais um golpe!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Só mais um golpe

  1. Acho que esse post e o anterior se complementam muito bem! =)
    É como eu sempre digo, passamos a vida procurando os Golias que nos cercam e lutando contra eles, que de fato existem. Mas às vezes esquecemos de procurar o Golias que mora dentro de nós e que, como qualquer gigante, também precisa ser vencido.
    O bacana disso tudo é que por mais que a gente se conheça, nunca sabemos realmente a força de superação que temos e são nas situações-limite que essa força vem à tona e conseguimos vencer qualquer obstáculo, mesmo qdo o obstáculo somos nós. Basta a gente querer e o nocaute é certo! =)

    Beeeijo! =***

    • Caty, vc pegou direitim. Os dois posts são complementares e, de certa forma, falam da mesma coisa: da gente ser forte o suficiente pra vencer a si mesmo. E eles vem num momento BEM joia da minha vida dietística: finalmente a balança desapegou de um peso q me atormenta há tempos! rs… Se eu tivesse desistido, jamais isso teria acontecido!

  2. Ah! Esqueci de dizer que adoreeeei o hipopotamozinho da foto, rsss.
    AMO hipopótamos e tenho dois azuis de pelúcia, João e José. São gêmeos e José é portador de necessidades especiais pq tem uma orelhinha menor que a outra. A história dele é linda, um dia eu ainda conto! #aloka

    Bjoca! =***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s