Dos caminhos possíveis

Às vezes é preciso parar e respirar. Questionar se aquele é mesmo o caminho a seguir. E, na dúvida, enxergar outras possibilidades. Ainda não tendo a certeza, faz-se bem ir devagarinho, observando a paisagem. Enquanto não se sabe ao certo aonde se quer chegar, a vista pode dar pistas ou mesmo servir de alento.

Ou, se já se sabe, acelerar o passo é uma boa pedida. Se o destino é logo ali, pra quê perder tempo enquanto o que se deseja encontra-se a poucos passos de distância? Ao invés de caminhar, correr pode ser mesmo a melhor saída. Corra, corra e corra.

Agora se o caso é de simplesmente sequer desejar sair do lugar, muito bem. Aproveite a familiaridade de onde se está. Se deixei levar pela música de sempre, pelos aromas de sempre, pelas vozes familiares. Curta o lugar presente.

Os caminhos são muitos e as possibilidades inúmeras. Ficar onde se está, seguir adiante com um destino certo, seguir adiante com vontade certa e destino incerto. Independente de qual seja a escolha, curta a escolha. Curta o caminho, curta o destino, curta o processo. Curta a decisão, curta a indecisão. Simplesmente curta.

Perde-se muito tempo sofrendo por algo que se decidiu. Decida simplesmente divertir-se com as escolhas feitas. E, caso não se mostrem acertadas, curta desfazê-las. Afinal, não há linha que não se encaixe perfeitamente a seu velho novelo.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Dos caminhos possíveis

  1. Parar e respirar é um costume que tenho enquanto caminha pela vida. Mesmo qdo a estrada está confortável e o vento soprando a meu favor, ainda assim paro e respiro pra não me esquecer onde estou e para onde quero ir.
    Acho que o que há de mais encantador nessas caminhadas que a vida nos oferece (algumas até contra a nossa vontade inicial), é a possibilidade de mudanças, de escolhas, de seguir por aqui e por ali experimentando sempre.
    Deve ser mto chato nascer e morrer agarrado(a) às mesmas opiniões formadas sobre tudo, como cantou sabiamente o Raul, né? O bom da vida é isso, escolher, mudar, tentar, se arrepender de ter tentado (pq não?) e aprender sempre, com tudo, em todos os caminhos. =)

    Beeeeijo! =***

  2. Rê, acabei de ler essa citação e lembrei do seu post, rs.
    “Conceda a si mesmo todas as possibilidades de ser, mude caminhos quantas vezes achar necessário.” (Alejandro Jodorowsky)

    =*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s