Inspirações mútuas

Muito mais do que inspirar, acreditem, sou inspirada por aqueles que lêem esse blog. Você pode até não fazer nenhum comentário, pode ler sempre caladinho o que escrevo por aqui, mas tenha certeza: você me inspira.

Estava conversando sobre isso com a minha mãe nesse final de semana. Tenho tido um mês muito turbulento. E turbulências, pra quem passa por um processo de reeducação alimentar, muitas vezes significam retrocesso, perdas e, dependendo do caso, completa desistência. E isso, querido leitor, querida leitora, só não aconteceu comigo por sua existência.

É, meus amigos, eu também tenho vontade de desistir e quase chego lá. E só não tenho chegado porque uma corda me suspende toda vez que estou quase tocando o fundo o poço. Por mais que você não tenha consciência, essa corda é sim segurada por você.

Criei o blog com o intuito de exercitar minha escrita, que é algo que simplesmente amo fazer. Inicialmente pretendia colocar por aqui apenas contos, poesias e coisas mais literárias. Mas, de uma hora pra outra, senti a necessidade de escrever sobre mim, sobre o que tenho passado. E o blog foi se tornando um inventário dos meus desejos, das minhas lutas, dos meus sonhos.

Claro que por aqui ainda existem muitas crônicas, muitos textos inspirativos. Mas acredite: antes de escrevê-los pra você, eu os escrevo pra mim. Quando digo que é preciso persistir e não desistir, é porque estou prestes a embarcar na desistência. Quando falo sobre reclamar menos e agir mais, é porque isso está em falta por essas bandas. Ou seja, escrevo o que me vai por dentro. E é incrível perceber que aquilo que me falta, muitas vezes, também está em falta pra você.

E aí você vem e diz que eu o inspiro. A emagrecer, a seguir em frente, a levar uma vida mais saudável, a conquistar mais leveza, a não desistir. E aí eu digo a você que é você quem me inspira: a emagrecer, a seguir em frente, a levar uma vida mais saudável, a conquistar mais leveza, a não desistir.

Sempre que penso em jogar a toalha, lembro-me do blog e de cada um dos meus leitores (mesmo daqueles que ficam sempre quietinhos e caladinhos). Lembro-me do quanto vocês me impulsionam. E os vejo, mesmo que com os olhos da alma, segurando minha corda.

Assim, fica aqui meu MUITO obrigada. A você que, mesmo sem saber, tem me feito seguir adiante e ser quem eu realmente desejo ser!

8 pensamentos sobre “Inspirações mútuas

  1. Chorei antes de chegar na metade do texto!
    Segura mesmo Rê, na mesma corda que vc nos lança todos os dias quando estamos quase a afundar!

    Muuuuuito obrigada. Vc é um presente!

    Bjos

  2. :DDD
    Vc é a pessoa mais delicinha q encontrei na internet nos últimos tempos, é o meu blog favorito por mil razões q tenho contado ao longo das nossas leituras mútuas e trocas de ideias.
    Louvo a Deus por sua vida, de verdade! E sou grata a Ele por ter cruzado meu caminho com o seu!

    Beeeijo :***

    • Caty, como eu disse aqui no post, repito: vc me inspira! E muito! É tão lindo ver q Deus é o Deus dos encontros e nos permite encontrar pessoas mais q especiais! :*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s