Homeopáticas

E mais um mito ruiu, ao menos no meu mundo filmístico. A combinação Johnny Depp + Tim Burton que, para mim, sempre foi sinônimo de filmes dignos de serem assistidos na telona, não funciona da maneira de sempre em “Sombras da Noite“.

***

Ou melhor dizendo, não funciona da maneira de sempre para os cinéfilos. Porque a sensação que tive, ao sair do cinema, é que para os dois, ator e diretor, funcionou muito bem. Fiquei imaginando que, enquanto filmavam, os dois se divertiam horrores. E o filme realmente dá a sensação de ser um encontro de dois grandes amigos. E só.

***

“Estava conversando com Tim e falei: ‘Precisamos fazer um filme de vampiros qualquer dia desses'” (Johnny Depp). 

***

Depois do último post, e de uma conversa digna de terapia com a Paula (detalhe: via Facebook), cheguei a umas conclusões bem interessantes a respeito de mim mesma, do meu perfeccionismo e do que ele realmente representa (e não apenas aparenta). E posso afirmar com certeza: vem muito trabalho pela frente.

***

Por indicação da Renata, comprei Sonhei que a neve fervia, de Fal Azevedo. E posso dizer: estou lendo quase a conta-gotas,  com dó de que acabe logo.

***

Mas que fique claro: a leitura é para os fortes. E não conto mais nada pra não acabar com a surpresa. Comprem!

***

O projeto “Mais leveza em 2012” segue firme e forte. Tive uma prova de fogo nesse final de semana e posso dizer, com orgulho, que consegui manter o foco.

***

Foco. Tá complicado mantê-lo na dieta e na prática de atividades físicas. Ao menos nas duas últimas semanas, quando as corridas não fizeram parte, nenhum dia, do meu calendário.

***

Endorfina. Eu preciso de.

***

Falar em cansaço é chover no molhado por essas bandas.

***

Fim de partida“, de Samuel Beckett, não é leitura das mais fáceis. Nem das mais agradáveis. Mas, mesmo assim, abriu meu apetite pelo autor e já estou louca pra ler “Esperando Godot“.

***

Pra finalizar, dica gastronômica: cachapa venezuelana. Que meu personal e minha nutri não leiam isso, mas é comer e lamber os beiços (como a gente diz por essas bandas de cá)!

6 pensamentos sobre “Homeopáticas

    • Oi, Rê. Falo sim. Tou na metade, lendo bem devagarinho pra não acabar tão cedo… Mas de antemão posso dizer q leio com um aperto no peito q não passa nunca!

  1. Tá, mas o filme é bacana? Vale a pena assistir?
    Acho o Depp ESPETACULAR. A transformação dele de um personagem pra outro é digna de um Oscar a cada filme, rs.

    Bjos!

    • Caty, vale a pena assistir em casa, no melhor estilo Sessão da Tarde. Infelizmente, o roteiro é fraco, a cenografia é pobre e nem Johnny (lindo) Depp salva!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s