Mudando o mundo

Quem nunca sonhou em mudar as coisas que estão à sua volta? Quem nunca sonhou com um mundo mais justo e com mais igualdade social? Quem nunca sonhou com um lugar em que todos viveriam mais felizes e, consequentemente, fariam do mundo um lugar mais feliz? Enfim, quem nunca sonhou em mudar o mundo?

Tenha certeza de que esses não são sonhos adolescentes ou mesmo juvenis. Em menor ou maior grau, de certa maneira, todos pensamos, em algum momento de nossas vidas, em mudar o mundo. Quando vemos alguma coisa que nos incomoda, que agride nossos olhos e nossa alma, lá vem aquela vontade de mudar tudo, de mexer tudo, de colocar as coisas no lugar.

Mas daí, a gente para e pensa: o mundo é muito grande. Tem mais de 7 bilhões de pessoas. Como eu, 1 em 7 bilhões, posso fazer a diferença? Como eu posso transformar algo que atinge tanta gente? E, diante das nossas limitações, da nossa pequenez, acabamos não saindo de nossa zona de conforto e deixando as coisas como estão.

Só que, se pararmos pra pensar, tudo começa com o primeiro passo. Ou seja, toda mudança começa com uma pequena ação. E essa ação pode ter um foco bem específico: você! Isso mesmo! Que tal começar a mudar o mundo a partir de você? Que tal dar o primeiro passo pra dentro e, só depois, olhar pra fora?

Pode parecer simples. E até mesmo insignificante. Mas acredite: não existe coisa mais complexa e difícil do que transformar-se. Sim. Porque nos conhecemos e, exatamente por isso, tantas vezes nos auto-sabotamos. Porque somos condescendentes conosco mesmos. Porque relevamos coisas que, se fossem outras pessoas que fizessem, jamais relevaríamos.

Assim, olhe pra dentro de você e se pergunte: o que preciso mudar? Em que preciso avançar? E, ao responder essas perguntas, seja o mais honesto possível. Talvez, as respostas te assustem. Mas não desista. Mudar-se, transformar-se, é mais do que preciso. É necessário!

Comece sua semana tendo em mente a decisão radical de crescer. Isso mesmo, crescer. Porque, no final de tudo, é isso que a mudança faz comigo e com você: ela nos faz crescer! E acredite: mudando o seu mundo interior você está dando os primeiros passos pra mudar o mundo exterior!

E então, simbora começar a mudar?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mudando o mundo

  1. Acredito que a parte mais difícil de toda mudança é olhar para dentro de si mesmo e reconhecer que algo precisa mudar, pq significa encarar as próprias fraquezas, limitações e erros. Nem sempre é fácil e dói. Feito isso, só nos resta uma dose de coragem e muita paciência, lembrando que é preciso dar um passo de cada vez, pequenas transformações a cada dia. É assim que nascem as borboletas, não é? =)

    Bjos, Rê! =**

  2. Bem lembrado: é assim q nascem as borboletas. O grande problema da mudança, ao meu ver, é q ela nos impulsiona a crescer. E crescer dói. E como vivemos numa sociedade q foge do sofrimento, a gente acaba evitando o crescimento a todo custo. E como perdemos com isso, né? Bju!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s