Faxina

Olhou pra mesa e levou um susto. Papéis por todos os lados, canetas jogadas, post its colados com os mais variados recados. Respirou fundo. Organização não era mesmo o seu forte. Lembrou-se da própria casa. Da cama por fazer, das louças sobre a pia, das gavetas. Ah! As gavetas!

Tentou não pensar muito nisso. Precisava concentrar-se no trabalho. Havia muito que fazer e os prazos, há tempo estourados, apitavam a cada quinze minutos na tela do computador. O celular tocou. Não atendeu. Havia dias que fugia dele, afinal, não tinha a resposta que ele tanto queria. Estava tudo tão confuso, pensou.

Lembrou-se das últimas semanas e da nuvem que pairava sobre a sua vida. Estava em falta com os amigos, estava em falta com ele, estava em falta consigo mesma. Mas o que fazer, se não enxergava saída?

Percebeu mais uma vez que havia fugido da urgência do momento. Mas, por mais que tentasse focar, não conseguia. Um mar revolto rugia dentro dela, tragando tudo o que encontrava pela frente.

Sentiu o mundo rodar. Não apenas o interior. O exterior também. Respirou fundo, afastou-se da mesa. Precisava tomar um ar. Mas como, se ainda não terminara tudo o que tinha fazer?

Foco, repetiu pra si mesma. Foco, era tudo o que precisava naquele momento. Enquanto olhava pra tela em branco, o coração ia repousar no ombro dele. E a cabeça inventava mil desculpas para o silêncio dos últimos dias.

Num rompante, pegou a bolsa, desligou o computador e saiu. Percebera, enfim, o óbvio. Era tanto entulho, tanto lixo, tanta tranqueira, que não havia modo de prosseguir enquanto uma bela faxina não fosse imediatamente realizada.

– Posso me encontrar com você? Precisamos falar…

O primeiro saco havia sido colocado pra fora. A faxina começara, enfim. E ainda havia muito o que fazer.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Faxina

  1. Rê,
    O que chamou atenção fora a palavra FOCO, pq tudo depende disto para alcançarmos os objetivos de nossa vida.
    Com certeza o que ajudou a tal faxina é a tal palavrinha mágica.
    É aprendendo a praticá-la que arrumamos toda a casa.
    Bom dia a todos…

  2. E como diria um texto que recebi há algum tempo atrás, o que colocamos para fora, como lixo, não voltamos para trazer de volta ao convívio. O que é lixo, é lixo. E deve ficar em seu devido lugar: do lado de fora da casa e da vida.
    Mas mais do que foco, a ação predominante aqui é DECISÃO. Decida fazer a faxina e a se livrar do peso morto. E decida logo, antes que chegue a visita e sua casa pareça um caos…

    • Sábias palavras, Lê. Acho q a decisão vem mesmo antes do foco. Mas logo após ela, vem outra tb importante: a ação. Vindo, por fim, o fazer em si. Decida, aja e faça! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s